Buscar

As recompensas do líder: Na contribuição e integridade

Atualizado: Set 30

"Portanto, meus irmãos, a quem amo e de quem tenho saudades, minha alegria e coroa, permanecei assim firmes no Senhor, amados." (Fp 4:1)




O líder espiritual contribui para melhorar os resultados em vários níveis de atuação:


Para as pessoas - O grande líder é aquele que faz com que todos à sua volta se tornem pessoas melhores pela influência do seu caráter. Por isso investe em pessoas até ter a satisfação de ver Deus cumprindo o seu propósito na vida delas; e comemora com elas. É inexplicável a satisfação que um líder sente quando recebe o reconhecimento de pessoas que ajudou a desenvolver.


Para organizações - O líder deve renovar as forças e o propósito da organização e torná-la mais forte. Para isso precisa reunir um time de pessoas e encorajá-las a crescer mais do que pretendiam.


Para o sucessor - O líder deve alegrar-se por ver seu sucessor obter êxito, pois Cristo disse: "Aquele que crê em mim fará também as obras que Eu faço e outras maiores fará, pois eu vou para o meu Pai" (Jo 14.12).


O líder nem sempre pode escolher seu sucessor, mas pode investir em líderes emergentes que poderão mais tarde assumir seu lugar. As recompensas são triplicadas, pois beneficia o líder, seu sucessor e a organização.


Integridade


"Observaste o meu servo Jó? Em toda a terra não há ninguém como ele: ser humano íntegro e justo, que ama e teme a Deus e se desvia do mal!" (Jó 1.8)

A integridade tem recompensas:


Em casa - O líder espiritual é gentil, paciente e amável tanto no trabalho quanto em casa. Com isso, deixa uma semente de Deus que servirá para manter os propósitos divinos pelas gerações futuras, e isso não tem preço.


No trabalho - Ser eficiente no trabalho sem negligenciar a princípios cristãos, sem ceder a tentações financeiras ou sexuais, pois, também ali, se encontra na presença de Deus. Integridade no trabalho constrói uma reputação.


Nos relacionamentos - As pessoas não são um meio para alcançar uma finalidade: elas são a finalidade. Deve tratar o próximo com dignidade, a despeito de como seja tratado, pois quem tem maturidade ajuda a desenvolver a maturidade nos outros.


Consigo mesmo - Todo líder tem um código de conduta para a vida que escolher e sabe quando ele foi violado. Judas o quebrou e isso o levou ao suicídio. Quando um líder cristão compromete algum princípio divino deve, imediatamente, confessar e buscar misericórdia nos braços do Pai (Pv 28.13). A consciência limpa é recompensa de tranquilidade.

6 visualizações