Blog

AS RECOMPENSAS DO LÍDER: DA INTEGRIDADE

29 de junho de 2017

“Observas-te o meu servo Jó? Em toda a terra não há ninguém como ele: ser humano íntegro e justo, que ama e teme a Deus e se desvia do mal!.” (Jó 1.8)

Alguns líderes, na busca de sucesso, abrem mão da integridade. Mas a integridade tem recompensas:

Em casa. O ser humano possui certa quantidade de energia. Se gastar toda ela no trabalho, não restará nada para a família. Isso vale tanto para quem trabalha fora, quanto para quem trabalha em casa, seja homem ou mulher. O líder espiritual é gentil, paciente e amável tanto no trabalho quanto em casa; com isso, deixa uma semente de Deus que servirá para manter os propósitos divinos pelas gerações futuras, e isso não tem preço.

No trabalho. Recentemente, no quadro “Chefe Secreto” do programa Fantástico, um trabalhador cristão demonstrou integridade tal que fez o presidente da empresa chorar e se comprometer a ajudar em causa social na qual o empregado era voluntário.

É preciso vencer o desafio de ser eficiente no trabalho sem negligenciar a princípios cristãos, sem ceder a tentações financeiras ou sexuais, pois, também ali, se encontra na presença de Deus. Há momentos em que a integridade exige que o líder abandone o cargo, com a certeza que Deus honrará aqueles que honram a Ele (1Sm 2.30). Deve se perguntar: “A vontade de Deus tem se cumprido em minha vida no trabalho?” Integridade no trabalho constrói uma reputação.

Nos relacionamentos. Líderes ambiciosos usam pessoas como degraus para alcançar sucesso; deixam atas de si ex-amigos ressentidos e amargurados.

O líder espiritual deve saber que as pessoas não são um meio para alcançar uma finalidade: elas são a finalidade. Deve tratar o próximo com dignidade, a despeito de como seja tratado, pois quem tem maturidade ajuda a desenvolver a maturidade nos outros. Olhar nos olhos de alguém e saber que não tem do que se envergonhar é uma recompensa inestimável.

Consigo mesmo. Todo líder tem um código de conduta para a vida que escolher e sabe quando ele foi violado. Judas o quebrou e isso o levou ao suicídio. Quando um líder cristão compromete algum princípio divino deve, imediatamente, confessar e buscar misericórdia nos braços do Pai (Pv 28.13). A consciência limpa é recompensa de tranquilidade.


O LIDER ÍNTEGRO NÃO BARGANHA PRINCÍPIOS DE DEUS.

Motivos de oração:

  1. Para que o Espírito Santo inspire e dê segurança a líderes íntegros.
  2. Para que líderes nas igrejas paguem o preço da integridade.
  3. Para que membros das igrejas valorizem líderes íntegros.
  4. Para que líderes nas famílias inspirem seus filhos à integridade pelo exemplo.
  5. Para que o Lidere SP reforce os valores de integridade.
Comentários